Faça como as pessoas abaixo participe da nossa página no facebook, clique em curtir...

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

EM UM ÚNICO MÊS, 38 PESSOAS SÃO PRESAS POR TRÁFICO DE DROGAS, AFIRMA DELEGADO

Delegado titular da 18ª Circunscrição Policial (CP), de Camaçari, Nilton Borba
Há um mês e meio no cargo, delegado titular da 18ª Circunscrição Policial (CP), de Camaçari, Nilton Borba, já mostra a que veio. Estatísticas apresentadas em entrevista exclusiva ao Camaçari Fatos e Fotos (CFF) dão conta dos altos níveis de redução da criminalidade no município.

De acordo com Borba, no mês de julho foram presas 41 pessoas. Destas, 38 estavam diretamente ligadas ao tráfico de entorpecentes; as outras três, presas por furto de veículos, também tinham envolvimento com o comércio de drogas, embora, no momento da prisão, não estivessem traficando.

Ainda de acordo com Borba, após essas prisões, todos os índices de crime, em Camaçari, reduziram; “o que teve redução menor, diminuiu 50%”, disse. As estatísticas apresentadas comprovam: de junho para julho houve redução de 66,67% no número de homicídios; o mesmo aconteceu com o número de roubos: 55,56% de redução.

As estatísticas da 18ª, no combate ao narcotráfico, são ainda mais animadoras. Atualmente, a delegacia mantém 50 presos em custódia; destes, 42 teem envolvimento com o tráfico. “Em julho nós encaminhamos 48 detentos para Salvador, todos autuados por tráfico”, disse Borba.

Para além das prisões em si, as estatísticas comprovam algo mais importante: a criminalidade, em Camaçari, está sim, diretamente ligada ao tráfico de drogas, como confirmou o delegado. Basta analisar os números para perceber que, com a prisão de traficantes, todos os outros tipos de crime passaram a ocorrer em menor número. “Os crimes não ligados ao tráfico, aqui, são passionais”, esclareceu Borba.

Outro dado que comprova a eficácia das operações policiais é o preço da pedra de crack, em Camaçari: o mais alto da Região Metropolitana. “E aumentou, agora; 20%. Além disso, o tamanho da pedra diminuiu”, explicou Borba, ressaltando que esse é um reflexo da dificuldade encontrada pelos traficantes em se estabelecer no município.

Todo esse trabalho, entretanto, não teria sido tão eficiente se não fosse o apoio da comunidade. Borba fez questão de ressaltar a resposta positiva que tem recebido da população. “Nós estamos fazendo reuniões nas associações de bairro e estamos percebendo a proximidade da população”, disse. Quem quiser fazer alguma denúncia pode telefonar para os números 3622-7872 ou 3622-7875, ambos da Delegacia.
Fonte: camacarifatosefotos
Cursos 2010, baixar cd, download de musicas, apostilas gratis, concursos 2010 Cursos 2011, Concursos na Bahia e em São Paulo, Ganhar Dinheiro agora na internet

0 comentários: on "EM UM ÚNICO MÊS, 38 PESSOAS SÃO PRESAS POR TRÁFICO DE DROGAS, AFIRMA DELEGADO"

Postar um comentário

.