Faça como as pessoas abaixo participe da nossa página no Facebook, clique em curtir...

quarta-feira, 14 de abril de 2010

'MONSTRO DO NOVA VITÓRIA' – PAI QUE ABUSAVA SEXUALMENTE DA FILHA, LHE DIZIA QUE ERA NORMAL

Delegada promete indiciar mães negligêntes

Já que os termos, absurdo e monstruosidade ficam aquém da gravidade do caso, vamos nos ater aos fatos. Detido pela Delegacia Especial da Mulher (Deam) desde o dia 04 de abril, Marcelo Guimarães Ribeiro, de 35 anos, morador do bairro Nova Vitória em Camacari é o responsável por cinco anos de violência sexual contra sua própria filha, uma adolescente de treze anos. Os abusos começaram quando a garota ainda tinha a idade de oito anos.

Segundo a delegada titular, Tais Siqueira, o primeiro inquérito foi aberto em 2008. O caso foi encaminhado através do Conselho Tutelar. Na época a adolescente afirmou que era estuprada pelo pai desde os oito anos de idade, mas nesse período, não se sabe por que, o acusado não foi indiciado, nem tão pouco detido. Revendo os casos em aberto, há um mês, a delegada ouviu novamente o depoimento da menor, que desta vez negou a história.

Mas, de acordo com a delegada, o laudo de uma perícia, realizada pelo Instituto Médico Nina Rodrigues, deixa claro que houve o desvirginamento da garota há muito tempo, o que confirma a suspeita anterior. E no início desse mês, após mais um episódio de violência sexual, a jovem resolveu dezer a delegada que continuava sendo estuprada.

A adolescente contou no depoimento, que o pai lhe dizia, que ter aquele tipo de relação era normal. Quanto à mãe da menor, ela afirma que não sabia do que estava acontecendo. O pai, Marcelo Guimarães será indiciado por estupro de vulnerável – Artigo 217 A – e pode pegar de oito a quinze anos de prisão.

Taís conta que existem muitos casos de abuso sexual em Camaçari e alerta as mães para prestarem atenção nos sinais que as crianças apresentam. “A criança fica retraída e cria um pavor”, diz. E revela um dado assustador: “Aqui um crime de estupro com um adulto é difícil, é mais com crianças de 06 a 12 anos”. Ela diz que já houve o caso de uma criança de quatro anos ser violentada.

A delegada lembra, que em muitos casos a negligência das mães contribui na causa da violência. “As mães, que ficar comprovado que foram negligentes, eu vou indiciar sem pena”, anuncia. Para ela, fatos como esse, de violência sexual contra crianças, são indícios de um desvio de personalidade. “Uma pessoa olhar para uma criança de quatro ou cinco anos e ter um desejo sexual, esse cara é um doente”, desabafa.

Para denúncias de caso de violência sexual ou detecção de crianças em situação de vulnerabilidade, os números são: [Deam] / (71) 3235-0000 [disk denúncia da polícia]. A delegada ressalta a importância do trabalho policial em conjunto com a população. “Com a sociedade trabalhando com a polícia a gente consegue desvendar muitos crimes”, grifa Taís.

Fonte: www.camacarifatosefotos.com.br
Cursos 2010, baixar cd, download de musicas, apostilas gratis, concursos 2010 Cursos 2011, Concursos na Bahia e em São Paulo, Ganhar Dinheiro agora na internet

0 comentários: on "'MONSTRO DO NOVA VITÓRIA' – PAI QUE ABUSAVA SEXUALMENTE DA FILHA, LHE DIZIA QUE ERA NORMAL"

Postar um comentário

.